sábado, 10 de outubro de 2009

Li esse fragmento no blog de um amigo e achei lindo. Hoje, sinto que tem tudo haver com o que eu estou passando...

"Certa vez, um mandarim estava apaixonado por uma cortesã. 'Serei sua', disse ela, 'quando você tiver passado cem noites a me esperar sentado num banquinho, no meu jardim, embaixo da minha janela'. O mandarim assim o fez, noite após noite, até que na nonagésima nona noite, o mandarim se levantou, pôs o banquinho embaixo do braço e se foi." - Roland Barthes

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

MIGALHAS
Julia Spindel

Queria querer quem me quer
Mas quero você

Queria um grande romance
Mas quero você

Queria declarações de amor
Mas quero você

Por favor me cativa!

Cansei de suas migalhas

Queria,
Queria tanto,
Queria querer quem me quer.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009


É dificil, né? A parte positiva é que sei que são momentos, que passam. Sei que não vai durar muito, pois sempre procuro minha felicidade. Não deixo os outros me arrastarem para baixo com eles. Antigamente deixava, mas aprendi que tenho o direito de ser feliz e essa felicidade só será conquistada se eu mesma for atrás dela. Estou indo.

Lógico que não será fácil, tenho completa consciência disso. Mas antes lutando e trabalhando por algo que vai me fazer feliz do que me acomodando à uma situação que não me faz bem. Um ambiente que não me faz bem. Pessoas que, infelizmente, não me fazem bem.

O foco agora é outro. E problemas que à uma semana atrás pareciam gigantes são tão pequenos agora... O foco é a procura do que me faz bem. Ambiente, pessoas, trabalho, etc. Eu quero quem me faz bem!

Mudança. Em todos os sentidos da palavra. Mudança é o que me fará bem.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Today's fortune: Make happy those who are near, and those who are far will come.

Tenho muito medo dessa sorte do dia do orkut... Sempre aparece uma frase que tem super haver com o que tá acontecendo...

Ahhh como as coisas são né...

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

"But I will never be your stepping stone
Take it all or leave me alone
I will never be your stepping stone
I'm standing upright on my own

You used to call me up from time to time
And it would be so hard for me not to cross the line
The words of love layed on my lips just like a curse
And i knew oh yes i knew they'd only make it worse
And now you have the nerve to play along
Just like the maestro beats in a song
You got your kicks you get your kicks from playing me
And the less you give the more i want so foolishly"

Duffy - Stepping Stone

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Harder To Breathe
Maroon 5


How dare you say that my behavior is unacceptable
So condescending unnecessarily critical
I have the tendency of getting very physical
So watch your step cause if I do you'll need a miracle

You drain me dry and make me wonder why I'm even here
This Double Vision I was seeing is finally clear
You want to stay but you know very well I want you gone
Not fit to fuckin' tread the ground that I'm walking on

When it gets cold outside and you got nobody to love
You'll understand what I mean when I say
There's no way we're gonna give up
And like a little girl cries in the face of a monster that lives in her dreams
Is there anyone out there cause it's getting harder and harder to breathe
Is there anyone out there cause it's getting harder and harder to breathe

What you are doing is screwing things up inside my head
You should know better you never listened to a word I said
Clutching your pillow and writhing in a naked sweat
Hoping somebody someday will do you like I did

When it gets cold outside and you got nobody to love
You'll understand what I mean when I say
There's no way we're gonna give up
And like a little girl cries in the face of a monster that lives in her dreams
Is there anyone out there cause it's getting harder and harder to breathe
Is there anyone out there cause it's getting harder and harder to breathe

Does it kill
Does it burn
Is it painful to learn
That it's me that has all the control

Does it thrill
Does it sting
When you feel what I bring
And you wish that you had me to hold

When it gets cold outside and you got nobody to love
You'll understand what I mean when I say
There's no way we're gonna give up
And like a little girl cries in the face of a monster that lives in her dreams
Is there anyone out there cause it's getting harder and harder to breathe
Is there anyone out there cause it's getting harder and harder to breathe

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

"- Boatos... Tantos!
- Mas boatos sempre se realizam." (Vestido de Noiva)

Queria tanto mais tanto que alguém me falasse o que fazer. Queria tanto já saber o que vai acontecer pra poder evitar ou não. Queria que as pessoas parassem de fofocar pra mim sobre coisas que sabem que vão me deixar mal. Mas o que eu mais queria é que ele deixasse claro o que sente por mim, o que é isso! Odeio passar por tudo isso, todas essas pessoas invejosas, sem saber se realmente estão certos. Sem saber se estou sendo feita de trouxa.
Porque, afinal, "quem come quieto come duas vezes", não é?
Hum não sei.
Só não quero sofrer.

domingo, 9 de agosto de 2009

Hahaha acho que sou meio brega...

sábado, 8 de agosto de 2009


"It took me nearly a year to get here. It wasn't so hard to cross that street, after all. It all depends on who's waiting for you on the other side." - Um Beijo Roubado

Achei que já havia atravessado a rua. Achei que era forte e que o passado não me magoava mais. Estranho como a gente só se percebe nos momentos mais importunos. Descobri que tenho medo de atravessar a rua, não pelo fato de que ele ainda signifque algo pra mim. Mas sim por medo de sofrer tudo que já sofri de novo, mudando apenas um dos personagens. E esse medo me paralisa. Quero poder me entregar, mas estou sempre procurando razões para não dar certo. Desculpas para meu medo viver em paz. Mas não quero mais viver em medo. Não quero deixar de me apaixonar por medo de sofrer. E assim como no filme, foi preciso uma pessoa que valha a pena pra atravessar a rua.
Estou atravessando a rua.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

HOJE EU ME APAIXONEI

E como é que pode
Alguém dormir
Logo depois de se apaixonar?

Como pode
Alguém estudar?
Focar?
Como pode alguém
Até se sentar
Depois de se apaixonar?

Um sorriso no rosto
Que ninguém do mundo consegue tirar!

E, afinal, como é que pode
A vida não mudar
Logo depois de se apaixonar?

domingo, 2 de agosto de 2009

Cinema Mudo
Los Hermanos


Amor sem palavras
Cinema mudo
Não falo nada você sabe tudo

A noite chega
Me dá um toque
Melancolia não dá Ibope

Eu tenho que aprender a dizer tudo que eu sinto por você
Eu tenho que aprender
Num desses seriados de TV

quinta-feira, 30 de julho de 2009


Baila Comigo
Rita Lee


Se Deus quiser
Um dia eu quero ser índio
Viver pelado
Pintado de verde
Num eterno domingo
Ser um bicho preguiça
Espantar turista
E tomar banho de sol
Banho de sol!
Banho de sol!
Sol!...

Se Deus quiser
Um dia acabo voando
Tão banal assim
Como um pardal
Meio de contrabando
Desviar do estilingue
Deixar que me xingue
E tomar banho de sol
Banho de sol!
Banho de sol!
Banho de sol!...

Baila Comigo!
Como se baila na tribo
Baila Comigo!
Lá no meu esconderijo
Ai! Ai! Ai!
Baila Comigo!
Ah! Ah! Uh! Uh!
Como se baila na tribo
Oh! Oh! Baila ba, ba
Baila Comigo!
Lá no meu esconderijo...

Se Deus quiser
Um dia eu viro semente
E quando a chuva
Molhar o jardim
Ah! Eu fico contente
E na primavera
Vou brotar na terra
E tomar banho de sol
Banho de sol!
Banho de sol!
Sol!...

Se Deus quiser
Um dia eu morro bem velha
Na hora "H"
Quando a bomba estourar
Quero ver da janela
E entrar no pacote
De camarote...

E tomar banho de sol
Banho de sol!
Banho de sol!
Banho de sol!...

segunda-feira, 27 de julho de 2009


"Eu sou essa que geme, que arde. Quero ser tua, te espero."
- O Passado

Acho que é isso mesmo. Mas dá um medo viu...

domingo, 26 de julho de 2009


"Não devia lhe dizer, mas estou me derretendo toda por você. Coração mole, as perna bamba, mão molhada. Chega a fazer medo."
- Lisbela e o Prisioneiro

sábado, 25 de julho de 2009

Today's fortune: If you don't want anyone to know, don't do it.

Hahahaha não acredito! Juro que esse "today's fortune" do orkut lê minha mente e dai me dá as respostas (por mais obvias que ela sejam).
A pergunta é se eu vou segui-las né... As vezes fazemos coisas mesmo sabendo que não deviamos. Porque será isso hein?

"Não busque por enquanto respostas que não lhe podem ser dadas, porque não as poderia viver. Pois trata-se precisamente de viver tudo. Viva por enquanto as perguntas. Talvez depois, aos poucos, sem que o perceba, num dia longínquo, consiga viver a resposta."
Cartas A Um Jovem Poeta - Rainer Maria Rilke

segunda-feira, 13 de julho de 2009

"Aborrecimentos! Quem os tem sou eu, e precisaria deles ficar livre."

Medéia - Eurípedes

sexta-feira, 10 de julho de 2009


"E, sobretudo, isto: sê fiel a ti mesmo. Jamais serás falso pra ninguém."
Hamlet - William Shakespeare

quinta-feira, 9 de julho de 2009

"I was just sitting there thinking of nothing in particular when suddenly I felt a warm tingling and then an almost guilty feeling - almost as if I were doing something I shouldn't."

Seventeenth Summer - Maureen Daly

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Febre alta e uma dor de garganta filha da puta que nem dá pra falar! Odeeeeio ficar doente. Me sinto meio drogada, não sei direito o que eu falo, fico tonta... E pior de tudo: não vou mais viajar na sexta!

Tava precisando viajar, fugir um pouco, sabe? Preciso pensar. Preciso tomar algumas decisões. Ultimamente não consigo tomar nenhuma decisão. Nada mesmo, até das coisas mais pequenas. Preciso de férias dessa cidadeeeeeee!
Amo São Paulo, mas juro que essa cidade me enloquece!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Ir ou não ir pra piri? That is the question, my friends.

domingo, 5 de julho de 2009

Transylvania
McFly


Anne Boleyn she kept a tin,
Which all her hopes and dreams were in,
She plans to run away with him, forever (never to be seen again)
Leaves a note and starts to choke,
Can feel the lump that's in her throat,
It's raining and she leaves her coat in silence.

We're sorry but we disagree
The boy is vermin, can't you see?
We'll drown his sins and misery
And rip him out of history

People marching to the drums,
Everybody's having fun to the sound of love,
Ugly is the world we're on
If I'm right then prove me wrong
I'm stunned (to find a place we belong)

Who is your lover,
I couldn't tell,
When hell freezes over,
That's when I'll tell,
Who is your lover,
I couldn't tell,
When will this stop.

Racing,
Pacing,
In the dark,

She's searching for a lonely heart,
She finds him but his heart has stopped,
She breaks down.

Sorry but your majesty,
Refusing orders from the queen
Results in a monstrosity

Remembers a voice and hears him sing

People marching to the drums,
Everybody's having fun to the sound of love,
Ugly is the world we're on
If I'm right then prove me wrong
I'm stunned (to find a place we belong)

Who is your lover,
I couldn't tell,
When hell freezes over,
That's when I'll tell,
Who is your lover,
I couldn't tell,
When will this stop.

terça-feira, 30 de junho de 2009

Today's fortune: The greatest mistake you can make in life is to be continually fearing you will make one

Adoro quando me aparece essas mensagens do orkut que tem tudo haver com o momento.

Sou uma pessoa bem propicia a jogar tudo pro ar, mandar tudo a merda, e sair viajando pelo mundo. Me controlo. Seguro esse meu impulso tempestuoso que me consome. Juro que me consome de uma maneira que sei que ninguem entenderia. Mas preciso sair daqui, preciso conhecer além. Muito além. Digo pra mim mesma que seguirei esse impulso assim que acabar a faculdade, mas o que sinto é mais forte. Esse é meu dilema na verdade. Sempre fico dividida entre a razão e a emoção. Fazer o que sinto ou fazer o que devo. E o que devo fazer não seria o que sinto?

sábado, 27 de junho de 2009

O SUSPIRO

Babaca babaca
Segura o que sente
Olha pra frente
Ignora
Vai embora
Finge que não sente
Finge que não é gente

Grita por dentro
Late
Rosna

Sai no suspiro

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Hurricane
Something Corporate


Shake down you make me break
For goodness sake
I think I'm on the edge
Of something new with you
Shout out don't drown the sound
I'll drown you out
You'll never scream so loud
As I want to scream with you

(...)

So maybe I should stay
And map around your world

So don't say
"These currents are still killing me"
And you can't explain
But the wind went and pulled me into your hurricane
Into your hurricane

Stand up don't make a sound
Your ears might bleed
There are sweet fluorescent enemies
That live inside of me
The world moves faster than I knew
Not fast enough to not creep up on you
And the space we put between
So pull me under your weather patterns
Your cold fronts and the rain don't matter
Because the sun burns what I needed

So don't say
"These currents are still killing me"
And you can't explain
But the wind went and pulled you into the hurricane
Into the hurricane

You don't do it on purpose
But you make me shake
Now I count the hours 'til you wake
With your babies breath
Breathe symphonies
Come on sweet catastrophe

Well, maybe this time I can follow through
I can feel complete
Stop paying dues
Stop the rain from falling
Keep my ocean calm
This time I know nothing's wrong

So don't say
"These currents are still killing me"
And you can't explain
But the wind went and pulled me in and no,
You don't say
"These currents are still killing me"
And you can't explain
But the wind went and pulled me into your hurricane
Into your hurricane
Into your hurricane

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Você colocou um sorriso no meu rosto em um dia ruim. =)
Era disso que precisava hoje, só disso mesmo.
Politica no Brasil é uma merda mesmo. É só isso. É pura corrupção e a verdade é que a gente não tem nem noção de quanta corrupção acontece. E o pior é que quando aparece alguém que quer fazer uma diferença, que quer fazer as coisas darem certo, eles fazem de tudo para tirar essa pessoa de cena. E não é só na politica não, é em tudo que envolve grande quantidade de dinheiro. A real é que politica não é uma merda não, dinheiro e poder são uma merda. Nossa que raiva! Tenho vontade de divulgar o que aconteceu pro mundo, mas não posso. Tudo vai muito além de politica. É uma grande mafia que controla esse pais e parece que ninguém faz nada a respeito! Todo mundo sabe, mas ninguém age!!! E quem tem coragem de agir? Pra quê? Pra acabar morto?
Acham que exagerei? Bom, podem ter certeza que as coisas dentro dos ministérios estão bem exageradas também. E que as coisas estão bem mais sérias do que realmente sabemos.
Isso tudo deve estar parecendo a coisa mais aleatória do mundo, mas tenho minhas razões que infelizmente não posso divulgar na internet. Queria MUITO poder, mas não posso...

terça-feira, 23 de junho de 2009


"When you can stop, you don't want to. When you wanna stop, you can't." - Candy

sábado, 20 de junho de 2009

Por Que a Gente é Assim?
Cazuza


Mais uma dose?
É claro que eu estou a fim
A noite nunca tem fim
Por que que a gente é assim?

Agora fica comigo
E vê se não desgruda de mim
Vê se ao menos me engole
Mas não me mastiga assim

Canibais de nós mesmos
Antes que a terra nos coma
Cem gramas, sem dramas
Por que que a gente é assim?

Mais uma dose?
É claro que eu tô a fim
A noite nunca tem fim
Baby, por que a gente é assim?

Você tem exatamente
Três mil horas pra parar de me beijar
Hum, meu bem, você tem tudo, tudo
Pra me conquistar

Mas você tem apenas um segundo
Um segundo pra aprender a me amar
Você tem a vida inteira, baby, a vida inteira
Pra me devorar
Pra me devorar!

Mais uma dose?
É claro que eu tô a fim
A noite nunca tem fim
Por que a gente é assim?

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Estou resfriada. Odeia ficar doente... Me sinto como se tivesse drogada.

Ahh, e tem mais trezentas coisas pra fazer hoje!
NÃO ESTOU MORTO

Hoje descobri que estou sozinha no vácuo que é o mundo
Mas em vez de me trazer
Dor (como sempre traz)
Me trouxe conforto
Agora sei
NÃO ESTOU MORTO
Só sofro
Sou torto
Mas vivo. Vivo, sim.
A sensibilidade não é o fim.

terça-feira, 16 de junho de 2009

MINHA ALMA

Um turbilhão
Me sinto fraca
Lágrimas que não caem
Estão presas
Eu as sinto presas
E nada que eu faça pode ajuda-las a cair
Dor no meu peito
Questionamentos que nunca somem
Me sinto tonta
Quente
Àgua fervente
Quero tirar tudo isso que existe dentro de mim
Gritar
Mostrar minhas entranhas pro mundo
Eu quero mostrar minhas entranhas pro mundo

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Sentimental
Los Hermanos

O quanto eu te falei que isso vai mudar
Motivo eu nunca dei
Você me avisar, me ensinar, falar do que foi pra você,
Não vai me livrar de viver

Quem é mais sentimental que eu?
Eu disse e nem assim se pôde evitar.

De tanto eu te falar você subverteu o que era um sentimento e assim
Fez dele razão
Pra se perder no abismo que é pensar e sentir

Ela é mais sentimental que eu!
Então fica bem
Se eu sofro um pouco mais.

"Se ela te fala assim, com tantos rodeios, é pra te seduzir e te
ver buscando o sentido daquilo que você ouviria displicentemente.
Se ela te fosse direta, você a rejeitaria."

Eu só aceito a condição de ter você só pra mim.
Eu sei, não é assim, mas deixa
Eu só aceito a condição de ter você só pra mim.
Eu sei, não é assim, mas deixa eu fingir e rir.

sábado, 13 de junho de 2009

Today's fortune: Your time is limited, so don't waste it by living someone else's life.

O orkut é sabio. É sim.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Algumas coisas simplesmente nos brocham. Tem certas coisas que... Né. Mas a história é sempre a mesma, só muda os personagens. Só muda um personagem. No fundo, eu sei muito bem porque gosto. E gosto bastante. É gente... Já passei por isso. Acho que tá na hora de aprender, né? Talvez não repetir o mesmo erro duas vezes. Mas eu gosto... Vou fazer o que se gosto?

"Explicar o quê? Paixão não se explica." - Lisbela e o Prisioneiro

segunda-feira, 8 de junho de 2009


"Ele vai lhe abandonar, Lisbela, como fez com as outras" - Lisbela e o Prisioneiro

domingo, 7 de junho de 2009


"Pior que a agonia de estar apaixonado?" - Simplesmente amor

sábado, 6 de junho de 2009

Self Inflicted
Katy Perry

Remember when I dove into the crowd
And I got a bloody knee under my skin, a mark from wiping out
It brings back the memories
Every bone's been broken
But my heart is still wide open

I can't stop
Don't care if I lose
Baby you are the weapon I choose
These wounds are self inflicted
I'm going down in flames for you
Baby you are the weapon I choose
These wounds are self inflicted
One more thing I'm addicted too

With each scar there's a map that tells a story what a souvenir of Young love's like jumping out
An airplane riding a tidal wave on an ocean of emotion
My heart rips me wide open

I can't stop
Don't care if I lose
Baby you are the weapon I choose
These wounds are self inflicted
I'm going down in flames for you
Baby you are the weapon I choose
These wounds are self inflicted
One more thing I'm addicted too

And I cover up these scars
(We'll make it we'll make it but we break it)
And I can't stop seeing stars
(lets hope not die)
Whenever you're around
Around

I can't stop
Don't care if I lose
Baby you are the weapon I choose
These wounds are self inflicted
I'm going down in flames for you
oohhh you are the weapon I choose
These wounds are self inflicted
One more thing I'm addicted to

quinta-feira, 4 de junho de 2009

"É que Medéia, em tudo que fazia, sempre colocou a paixão como fio condutor de suas ações."

"Como sua mãe, que é igualmente a de Circe, Medéia só pode reinar nos desertos, nas montanhas, nas florestas selvagens. As terras incultas são o domínio que lhe fornece os instrumentos de seu poder: venenos e remédios. Trata-se de uma feiticeira dotada de uma violência inquieta, de paixões que queimam, de mudanças súbitas de humor, de uma constante melancolia e de uma duplicidade criminosa, que se volta contra aqueles aos quais ela mais ama."

Mitologia Grega vol. 3 - Junito de Souza Brandão

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Como Dizia o Poeta
Vinicius de Moraes

Quem já passou por essa vida e não viveu
Pode ser mais, mas sabe menos do que eu
Porque a vida só se dá pra quem se deu
Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu
Ah, quem nunca curtiu uma paixão nunca vai ter nada, não
Não há mal pior do que a descrença
Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão
Abre os teus braços, meu irmão, deixa cair
Pra que somar se a gente pode dividir
Eu francamente já não quero nem saber
De quem não vai porque tem medo de sofrer
Ai de quem não rasga o coração, esse não vai ter perdão

Abro numa página de letras do Vinicius e a primeira que abro (aleatoriamente) é essa! É né... Entendi o recado.
As pessoas nos surpreendem. Às vezes nos surpreendem positivamente, às vezes nos surpreendem negativamente. Ambos aconteceram hoje.
Não estou brava. Não são atitudes imaturas que me deixam mal, essas eu entendo. O que me deixou mal foi a falta de amigos em um momento que precisava deles. Então nesse momento me aparecem pessoas que eu nunca imaginaria que apareceriam. Aí eu não entendo. Como meus amigos não enchergam o que outras pessoas (que nem são tão amigos meus assim) enchergam com tanta clareza?
Ah, e quanto ao resto... O resto é resto, é coisa boba e passa. Provavelmente se não tivesse de TPM não teria me afetado tanto assim.
E o lado bom de tudo isso ter acontecido: Agora eu sei. Prometo que vou tentar não cometer o mesmo erro duas vezes.

"Ria e o mundo rirá com você, chore e chorará sozinho." - Oldboy

terça-feira, 2 de junho de 2009


Assisti "faces da morte" hoje. Assustador, estranho, nojento, bizarro... Tenho milhares de comentários desse tipo para o filme, mas quero focar em outra coisa. Sim, as imagens são BEM explicitas. No entanto, achei um filme muito critico que aborda diversos assuntos. O filme mostra a crueldade dos matadouros e com comentários que deixam a entender sua aversão a eles. Mostra também a matança de animais para obter suas peles (ilegalmente e legalmente), de novo deixando a entender que é contra essa desumanidade. Tem cenas de prisioneiros sentenciados à pena de morte, morrendo na cadeira e outro na camara de gás. Com isso, faz cometarios do tipo "Two wrongs can make a right?" e novamente deixa a entender sua aversão. Além de varias outras barbaridades que os seres humanos fazem ou fizeram como a segunda guerra mundial, campos de concentração, comer cerebro de macaco vivo por pura diversão... Não entendo. O ser humano (o civilizado pelo menos) é a espécie menos humana que existe.
Não Vale A Pena
Maria Rita

Ficou difícil
Tudo aquilo, nada disso
Sobrou meu velho vício de sonhar
Pular de precipício em precipício
Ossos do ofício
Pagar pra ver o invisível
E depois enxergar
Que é uma pena
Mas você não vale a pena
Não vale uma fisgada dessa dor
Não cabe como rima de um poema
De tão pequeno
Mas vai e vem e envenena
E me condena ao rancor
De repente, cai o nível
E eu me sinto uma imbecil
Repetindo, repetindo, repetindo
Como num disco riscado
O velho texto batido
Dos amantes mal-amados
Dos amores mal-vividos
E o terror de ser deixada
Cutucando, relembrando, reabrindo
A mesma velha ferida
E é pra não ter recaída

Que não me deixo esquecer
Que é uma pena
Mas você não vale a pena

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Resolvi começar um blog. Vamos ver no que vai dar né...
Dia dificil hoje. Às vezes sou bem ingenua, acredito em óbvias mentiras. Na verdade, acho que sou uma romantica então quero acreditar nessas mentiras. Todo mundo me alertou sobre suas mentiras. Sim, ando bem confusa. Não sei o que quero. Mas já disse que sei o que eu não quero.

"So I can either get hurt now or later. Now, I guess." - Garota de Vitrine